Psicologia Educacional

O psicólogo educacional é o profissional focado nos processos de aprendizagem e nas dificuldades de aprendizagem. Promove a qualidade do desenvolvimento humano através de técnicas de intervenção, que contribuem para a superação de dificuldades de aprendizagem e do insucesso escolar. 

Para quem? 

Para todas as crianças, adolescentes e adultos a quem sejam identificados sinais de alerta durante os processos de aprendizagem. Há indicadores que não devem ser ignorados. Não desvalorize, por exemplo, as dificuldades de leitura, de escrita, ao nível do vocabulário, do raciocínio lógico-matemático e da atenção/concentração. Podem ser sinais de alertas de dificuldades de aprendizagem específicas.  

 Processo de avaliação psicopedagógica 

Quanto mais cedo a avaliação e o diagnóstico, maiores as probabilidades de sucesso das respetivas estratégias terapêuticas. Uma intervenção precoce é fundamental para aumentar o potencial de desenvolvimento cognitivo do individuo, sobretudo quando se trata de crianças até à idade escolar e em risco de atraso de desenvolvimento.  

Os psicólogos educacionais do SEI procuram encontrar soluções para o insucesso escolar e para as dificuldades nas técnicas e métodos de estudo. E ajudam a enfrentar os obstáculos que interferem na aprendizagem da criança ou adolescente.  

O objetivo é otimizar a aprendizagem, promover as competências intelectuais, afetivas e sociais do aluno de forma a favorecer a adaptação e o rendimento escolares, estimular um autoconhecimento sobre as capacidades e consolidar estratégias que permitam superar eventuais dificuldades durante o percurso escolar.   

 Como decorre a avaliação? 

O processo de avaliação psicopedagógica inicia-se com uma entrevista aos pais. O primeiro passo é recolher o historial de desenvolvimento da criança.  A estratégia terapêutica a desenvolver é definida em função de uma observação estruturada durante quatro consultas, com base num conjunto de procedimentos que visam identificar o perfil psico-educacional da criança. 

Nestas consultas são também diagnosticadas eventuais dificuldades de aprendizagem específicas como a dislexia, a disortografia, a discalculia e a disgrafia, assim como possíveis perturbações do desenvolvimento, como a hiperatividade e o défice de atenção. 

Os psicólogos do SEI elaboram um mapa de aptidões do indivíduo onde são elencadas as áreas mais e menos fortes, assim como as principais necessidades educativas. Esta avaliação permite, por exemplo, caracterizar o desenvolvimento da criança e o respetivo potencial de aprendizagem, recorrendo, também, às informações dos professores e ao rendimento escolar. 

Do relatório final com a proposta de intervenção educacional consta uma caraterização pormenorizada das áreas avaliadas e das necessidades terapêuticas.  

 A Intervenção  

Adapta-se às necessidades individuais de cada pessoa e depende sempre do perfil traçado durante a avaliação. A periodicidade é variável em função dos objetivos a atingir. De forma regular são feitas reavaliações no sentido de recolher informação sobre o desenvolvimento e o sucesso do respetivo processo terapêutico.  

As estratégias educacionais a desenvolver passam pelo treino cognitivo, por programas comportamentais e pela aplicação de estratégias específicas que permitem apreender técnicas e métodos de estudo, entre outras competências. 

 Áreas de Intervenção: 

 – Dificuldades de aprendizagem; 

– Perturbações da atenção; 

– Orientação escolar e profissional; 

– Métodos e técnicas de estudo; 

– Ansiedade face à escola; 

– Problemáticas comportamentais e emocionais; 

– Atraso e desvio no desenvolvimento.  

MARCAÇÃO DE CONSULTAS

Preencha o formulário abaixo para agendar uma consulta. Iremos entrar em contacto consigo para confirmar o horário, a especialidade e o técnico.

DÚVIDAS? Use o serviço PERGUNTE AGORA antes de agendar a consulta. Respostas rápidas e claras dos nossos técnicos. Deixa a sua pergunta >