Aprender a Pensar Grande Enquanto são Pequenos: Como estimular a inteligência nas crianças

O mundo de hoje é muito diferente do que era há vinte anos atrás. De facto, todos os dias nos apercebemos das mudanças geradas por fenómenos como o progresso científico e técnico, a sociedade da informação e a mundialização da economia.

Neste mundo sempre em mudança, em que os conteúdos de aprendizagem perdem importância, são os processos de aprendizagem que ganham maior relevo, pois são eles que possibilitam novas formas de aprender e de pensar.

Assim, só munidos dos adequados processos cognitivos associados à aprendizagem estaremos preparados para lidar tanto com o que é esperado no futuro, como com o que não pode ser antecipado.

A educação cognitiva, por intermédio de atividades de aprender a pensar, visa exatamente ensinar a mais vital competência – frequentemente esquecida – a de aprender a aprender.

Deste modo, combinando um conjunto de atividades especificamente concebidas e uma mediatização adequada, torna-se possível identificar e maximizar o potencial de aprendizagem de cada aprendiz.

Como resultado, este adquire o conhecimento e as ferramentas cognitivas necessárias para ir além das suas competências atuais, maximizando-se assim o seu potencial de desenvolvimento e as suas capacidades para aprender.

OBJETIVOS

  • Abordar diferentes estratégias que têm como objetivo minorar a discrepância entre o potencial de aprendizagem e o desempenho cognitivo e escolar.
  • Sugerir modelos para compensar as disfunções no processamento de informação, que suportam todos os processos de aprendizagem simbólica.
  • Proporcionar o desenvolvimento de uma atitude profissional interveniente, autónoma e geradora de processos auto-formativos.

 

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

  1. A Sociedade Cognitiva
  2. Conceitos Teóricas subjacentes ao aprender a pensar
  3. Prática e reflexão de algumas atividades de aprender a pensar

PARA QUEM?

Dirige-se a psicólogos, psicopedagogos, professores, estudantes da área, pais e outros técnicos interessados.

 

FORMADORES

Vitor Cruz, Técnico de Reabilitação e Educação Especial, mestre em Educação Especial e doutorado na especialidade de Educação Especial e Reabilitação. Professor Auxiliar do Departamento de Educação e Humanidades da Faculdade de Motricidade Humana, Universidade de Lisboa. Colaborador do SEI – Centro de Desenvolvimento e Aprendizagem.

Conhece as nossas outras formações? Formações especializadas para pais, professores e técnicos.

Subscreva a nossa Newsletter e receba notificações sobre as próximas formações.